O TELEFONE PRETO

Filme do dia, Slider

Dizem que filho de peixe peixinho é. No caso de Joe Hill, filho do cultuado escritor Stephen King, essa máxima se aplica muito bem. Ele, assim como o pai, é autor de histórias de terror e suspense. Seu conto O Telefone Preto foi adaptado por Scott Derrickson e C. Robert Cargill e virou o filme de mesmo nome, dirigido em 2021, por Derrickson, mesmo diretor de O Exorcismo de Emily Rose e de Doutor Estranho, da Marvel. A história se passa em Denver, no ano de 1978, e gira em torno de um assassino em série que sequestra garotos do bairro. Finney Shaw (Mason Thames), de 13 anos, é uma dessas vítimas. Ele é jogado em um porão onde tem apenas uma cama e um aparelho telefônico mudo na parede. Porém, ele toca e Finney passa a receber “ligações” das vítimas anteriores do cativeiro. Derrickson tira máximo de proveito da história de Hill investindo na construção de personagens e nos aspectos sobrenaturais da situação apresentada. Temos uma trama que trabalha mais a sugestão do que o explícito. Trata também do clássico ritual de passagem, tanto de Finney como de sua irmã Gwen (Madeleine McGraw). Em resumo: uma pequena e eficiente joia do gênero.

O TELEFONE PRETO (The Black Phone – EUA 2021). Direção: Scott Derrickson. Elenco: Ethan Hawke, Mason Thames, Jeremy Davies, Madeleine McGraw, E. Roger Mitchell, Troy Rudeseal, James Ransone e Rebecca Clarke. Duração: 103 minutos. Distribuição: Universal.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 18 de julho de 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software