Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

MEU PAI

Filme do dia, Slider

O roteirista francês Florian Zeller estreou no cinema com o “pé direito”. Após 12 anos apenas escrevendo, ele adaptou, junto com o inglês Christopher Hampton, uma peça de sua autoria e que já havia sido adaptada antes para um telefilme. A obra em questão virou o longa Meu Pai, de 2020. Desde o início do projeto, Zeller quis Anthony Hopkins para o papel principal. Mais do que isso até, ele criou Anthony pensando em Hopkins e mais ninguém, tanto que em 2017 ele enviou o roteiro para o ator e aguardou pacientemente por uma resposta positiva. Aqui ele vive um senhor de 80 e poucos anos que recusa qualquer ajuda de sua filha Anne (Olivia Colman), apesar de sua visível demência. A narrativa de Zeller é bem inteligente e nos conduz a partir do ponto de vista de Anthony. Essa opção do diretor pode até nos deixar inicialmente desorientados. Mas é justamente dessa confusão que vem a potência dramática de sua impactante história. Meu Pai é aquele tipo de filme que sempre revelará alguma coisa diferente a cada nova conferida. Sem contar a estupenda interpretação de Anthony Hopkins, indicado ao Oscar 2021 de melhor ator. Além dessa categoria, Meu Pai recebeu outras cinco indicações: desenho de produção, montagem, atriz coadjuvante (Colman), roteiro adaptado e filme. Uma dica: preste atenção nos cenários e nos objetos de cena.

MEU PAI (The Father – Inglaterra/França 2020). Direção: Florian Zeller. Elenco: Anthony Hopkins, Olivia Colman, Mark Gatiss, Olivia Williams, Rufus Sewell e Imogen Poots. Duração: 97 minutos. Distribuição: Sony.

Last modified: 21 de abril de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software