Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

ASSASSINATO SOB CUSTÓDIA

Filme do dia, Slider

262.Assassinato Sob Custódia

ASSASSINATO SOB CUSTÓDIA

A diretora francesa Euzhan Palcy nasceu na Martinica e tornou-se a primeira mulher negra a dirigir um filme em Hollywood. O filme em questão, Assassinato Sob Custódia, de 1989, é uma adaptação do livro de André P. Brink e teve o roteiro escrito por ela própria, junto com Colin Welland. A história se passa na África do Sul, em meados dos anos 1970, auge do apartheid, regime de segregação racial que vigorou naquele país entre 1948 e 1994. A história gira em torno do professor Ben du Toit (Donald Sutherland), um homem correto e bondoso, mas, completamente alheio aos horrores comentidos pelo governo contra os negros. Certo dia, Jonathan (Bekhithemba Mpofu), filho de seu jardineiro, é brutalmente espancado pela polícia. Este fato, completamente gratuito, abre os olhos de Ben para a realidade que o cerca. A partir daí, ele decide enfrentar o sistema e levar a julgamento os responsáveis pela agressão. Assassinato Sob Custódia retrata sem maquiagem alguma um período triste da história sul africana, em particular, e da humanidade, em geral. O olhar de Palcy é delicado, sutil e nos conduz com firmeza por esta dura realidade. Dura, porém, carregada de bondade, empatia e esperança. Marlon Brando, na época sem filmar há quase dez anos, ficou comovido pelo roteiro e aceitou um pequeno papel, pelo qual foi indicado ao Oscar de melhor ator coadjuvante.

ASSASSINATO SOB CUSTÓDIA (A Dry White Season – EUA 1989). Direção: Euzhan Palcy. Elenco: Donald Sutherland, Janet Suzman, Zakes Mokae, Jürgen Prochnow, Susan Sarandon, Michael Gambon, Marlon Brando e Bekhithemba Mpofu. Duração: 106 minutos. Distribuição:  Fox.

Last modified: 13 de agosto de 2018

2 respostas para “ASSASSINATO SOB CUSTÓDIA”

  1. Preciso adquirir este filme, preciso de ajuda para obtê-lo.
    Assisti na tv, muitos anos e hoje não consigo.
    Ajude-me.

Deixe uma resposta