PETERLOO

Filme do dia, Slider

Mike Leigh e Ken Loach são os dois maiores nomes do cinema “engajado” feito no Reino Unido. A filmografia de ambos é repleta de obras que abordam temas político-sociais. Sempre de maneira contundente. Em Peterloo, escrito e dirigido por Mike Leigh, em 2018, somos levados ao ano de 1819, quando ocorreu, em Manchester, o conhecido “Massacre de Peterloo”. Nesse dia, manifestantes se deslocaram até o Campo de São Pedro. O protesto, inteiramente pacífico, contou com famílias inteiras que foram ouvir o discurso de Henry Hunt (Rory Kinnear), o ativista pioneiro do movimento trabalhista na Inglaterra. No entanto, a repressão violenta e cruel das forças militares, por ordem do próprio governo, transformou aquela manifestação em um dos acontecimentos mais abomináveis do país. A narrativa de Leigh vai nos preparando para esse triste momento ao apresentar todos os grupos de personagens que tiveram papel na ação. Os trabalhadores, os soldados, os empresários, os magistrados, os governantes, a imprensa e a realeza. O cineasta traça um preciso painel e expõe todas as peças envolvidas, de maneira assertiva. O triste é constatar que, infelizmente, mesmo passados mais de 200 anos, em muitos aspectos, pouca coisa mudou. Os interesses de uma minoria dominante continuam prevalecendo.

PETERLOO (Inglaterra 2018). Direção: Mike Leigh. Elenco: Rory Kinnear, Maxine Peake, Neil Bell, Philip Jackson, Pearce Quigley, David Moorst, Rachel Finnegan, Tom Meredith, Simona Bitmate e Karl Johnson. Duração: 154 minutos. Distribuição: Amazon Prime.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 27 de abril de 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software