O FESTIVAL DO AMOR

Filme do dia, Slider

O Festival do Amor é o 49º longa-metragem escrito e dirigido por Woody Allen em pouco mais de 50 anos de carreira como cineasta. Isso dá uma média de quase um filme por ano. Marca invejável para qualquer diretor de cinema. A ação aqui se passa durante o charmoso Festival de Cinema de San Sebastian, no norte da Espanha. É lá que estão Mort Rifkin (Wallace Shawn), professor e crítico de cinema, que acompanha a esposa Sue (Gina Gershon), que é promotora de um filme dirigido pelo francês Philippe (Louis Garrel). Mort desconfia que Sue está tendo um caso com Philippe, no entanto, ele também se aproxima de Jo (Elena Anaya), uma médica. Na verdade, acompanhamos a conversa de Mort com seu analista. Conversa que é intercalada com os sonhos cinematográficos que ele tem onde homenageia grandes diretores que influenciaram a filmografia de Allen, como Welles, Fellini, Bergman, Truffaut, Godard, Kurosawa e Buñuel. O Festival do Amor poderia ter o complemento de “ao Cinema”, já que a sétima arte é a grande estrela aqui, junto com a bela cidade espanhola. E traz também diálogos inspirados, como por exemplo, quando Sue diz para Mort que o próximo filme de Philippe unirá árabes e judeus, ao que ele responde “que bom que ele fará uma ficção-científica”.

O FESTIVAL DO AMOR (Rifkin’s Festival – Espanha/EUA/Itália 2020). Direção: Woody Allen. Elenco: Wallace Shawn, Gina Gershon, Louis Garrel, Elena Anaya, Richard Kind, Nathalie Poza, Enrique Arce, Steve Guttenberg e Christoph Waltz. Duração: 88 minutos. Distribuição: Imagem Filmes.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 7 de janeiro de 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software