DESERTO PARTICULAR

Filme do dia, Slider

Quando o cineasta Aly Muritiba apresentou Deserto Particular, no Festival de Veneza, em agosto de 2021, ele disse que seu filme tratava de amor. Após ser premiado em Veneza e em outros festivais pelo mundo, ele agora é nosso representante na disputa por uma indicação na categoria de melhor filme internacional no Oscar 2022. Quando o filme começa e Daniel, vivido por Antonio Saboia, correndo em uma canaleta de Curitiba diz ofegante que não lhe falta ar, falta alguém, fica evidente estarmos diante de uma ode ao amor. Afinal, como gritam os versos da canção dos Titãs, “todo mundo quer amor, todo mundo quer amor de verdade, uma pessoa boa quer amor, uma pessoa má quer amor, quer amor de verdade”. E é disso que trata o roteiro de Deserto Particular, escrito por Muritiba junto com Henrique dos Santos. E Daniel, um policial que cometeu um deslize no trabalho que poderá custar sua carreira, sai em busca de Sara, com quem se relacionava virtualmente. Acompanhamos ele então até o interior da Bahia, onde após espalhar cartazes com a foto dela, recebe, finalmente, notícias da pessoa amada. Há aqui um preciso trabalho de construção de personagens. E a narrativa nos envolve por completo nessa busca por afeto, carinho e autoconhecimento. Metaforicamente, essa viagem ao interior do Brasil que Daniel empreende é, de fato, um mergulho profundo e sem volta em sua própria alma, em sua essência. Tudo em harmônica sintonia com cores às vezes frias, outras quentes, na precisa fotografia de Luís Armando Arteaga. Quem conhece a filmografia de Aly Muritiba sabe que ele é minucioso ao escalar atores e atrizes para seus trabalhos. Em Deserto Particular o elenco é perfeito, mas é preciso destacar Antonio Saboia, Pedro Fasanaro e Thomás Aquino. Os dois últimos vivem, respectivamente, Robson e Fernando. Ao lado de Daniel eles se revelam seres humanos complexos, verdadeiros e multifacetados. Não posso deixar de mencionar o acertado uso da canção Total Eclipse of the Heart, sucesso gravado por Bonnie Tyler, em 1983. Ela reflete com perfeição o turbilhão de emoções que vemos em cena. E falando em música, volto aos Titãs, “quem tem medo quer amor, quem tem fome quer amor, quem tem frio quer amor, quem tem pinto saco boca bunda cu buceta quer amor, quer amor de verdade”. E fecho com Beatles “all you need is love, all you need is love, all you need is love, love, love is all you need”. Tudo o que precisamos, principalmente agora, é amor!

DESERTO PARTICULAR (Brasil/Portugal 2021). Direção: Aly Muritiba. Elenco: Antonio Saboia, Pedro Fasanaro, Thomás Aquino, Cynthia Senek, Laila Garin, Luthero Almeida, Otavio Linhares e Zezita Matos. Duração: 120 minutos. Distribuição: Pandora Filmes.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 25 de novembro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software