MATE OU MORRA

Filme do dia, Slider

A fórmula do dia que se repete continuamente já foi utilizada brilhantemente em Feitiço do Tempo, comédia de 1993, escrita e dirigida por Harold Ramis e com Bill Murray à frente do elenco. Em 2017 e 2019, o roteirista e diretor Christopher Landon a utilizou nas duas partes de A Morte Te Dá Parabéns, aproveitando a fórmula em um filme de terror e suspense. Agora chegou a vez de Joe Carnahan utilizá-la em Mate ou Morra, um filme de ação. O roteiro, escrito pelo próprio diretor junto com os irmãos Chris e Eddie Borey, nos apresenta Roy Pulver (Frank Grillo), um ex-agente que fica preso no tempo, revivendo aquele dia inúmeras vezes. E não é que a fórmula funciona novamente. Nesse tipo de história, se não houver um cineasta talentoso por trás, a tendência é o filme ficar chato por conta das cenas repetidas à exaustão. Carnahan imprime um ritmo de videogame dos anos 1980 que se encaixa com perfeição à trama. E Frank Grillo, mais conhecido pelo papel de oponente do Capitão América nos filmes da Marvel, aqui alçado à condição de herói, consegue manter nossa atenção nos dilemas que enfrenta. E é visível que Mel Gibson, em participação especial, deve ter se divertido muito aqui. Mate ou Morra não se tornará um clássico, como ocorreu com Feitiço do Tempo, mas cumpre o que promete ao longo de sua hora e meia de duração.

MATE OU MORRA (Boss Level – EUA 2021). Direção: Joe Carnahan. Elenco: Frank Grillo, Mel Gibson, Naomi Watts, Michelle Yeoh, Will Sasso, Annabelle Wallis, Sheaun McKinney, Selina Lo, Meadow Williams, Ken Jeong e Rio Grillo. Duração: 94 minutos. Distribuição: Imagem Filmes.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 17 de setembro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software