BORSALINO

Filme do dia, Slider

Ao longo de 40 anos de carreira o cineasta francês Jacques Deray realizou quase 30 trabalhos. Muitos deles tiveram como inspiração sua paixão por filmes noir policiais feitos em Hollywood nos anos 1930 e 1940. Borsalino, dirigido em 1970, é uma de suas obras mais populares. Além de fiel ao “estilo Deray”, ele reuniu pela primeira vez os dois maiores astros do cinema francês à época: Alain Delon e Jean-Paul Belmondo. Aqui eles vivem, respectivamente, Roch Siffredi e François Capella, dois gângsters de pouca expressão que decidem unir forças para aplicar golpes mais ousados. A ação se passa em 1930 na cidade portuária de Marselha, no sul da França. O roteiro, escrito por Jean-Claude Carrière, Jean Cau, Claude Sautet e de Deray, é baseado no livro de Eugène Saccomano, que por sua vez relatou eventos reais. A ideia para o filme partiu do próprio Delon após ler a obra de Saccomano, que viu na história um veículo perfeito para ele e Belmondo. Os planos ambiciosos de Capella e Siffredi, à medida que começam a render bons lucros, desagradam sobremaneira os chefões do crime organizado local. Deray imprime um ritmo acelerado e bastante humor. Além disso, a dupla central faz jus à fama e ao talento que possuíam e esbanjam charme e carisma. Em tempo: quatro anos depois Deray dirigiu uma continuação, Borsalino e Cia.

BORSALINO (França 1970). Direção: Jacques Deray. Elenco: Jean-Paul Belmondo, Alain Delon, Catherine Rouvel, Françoise Christophe, Corinne Marchand, Nicole Calfan, Hélène Rémy e Mario David. Duração: 125 minutos. Distribuição: Versátil.

MEU CANAL

ÚLTIMOS PODCASTS

Last modified: 29 de setembro de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


tabela de preço digitaltabela de preço açouguemídia indoortabela digitaltabela de preços digital para supermercadosmidia indoor software