Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

DEUS BRANCO

Slider, Streaming

Quando se fala em cinema húngaro, três grandes cineastas se destacam: Miklós Jancsó, István Szabó e Béla Tarr. Nos últimos anos, dois outros nomes também ganharam destaque: László Nemes, que em 2016 ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro por O Filho de Saul, e Kornél Mundruczó, por este Deus Branco. Ator, roteirista e diretor, Mundruczó iniciou sua carreira na TV, em 1996. Formado pela Academia de Cinema e Artes Dramáticas da Hungria, ao longo dos anos seguintes ele esteve envolvido em diversas produções para televisão, teatro e cinema. Deus Branco é seu quarto longa para cinema e foi premiado no Festival de Cannes de 2014. O roteiro, escrito pelo próprio diretor, junto com Viktória Petrányi e Kata Wéber, conta uma história que provoca grande inquietação. A ação se passa em uma sociedade distópica onde é cobrada uma taxa especial daqueles que criam cães. Lili (Zsófia Psotta), é uma garota de 13 anos que teve Hagen, seu cachorro de estimação, abandonado na rua por seu insensível pai. A partir daí, acompanhamos tanto a tentativa de Lili para resgatar seu cão, como também a rotina do animal nas ruas de Budapeste. Deus Branco é um filme forte, com cenas pesadas, chocantes e incômodas. Daquele tipo que fica com a gente depois que os créditos finais sobem.

DEUS BRANCO (Fehér Isten – Hungria 2014). Direção: Kornél Mundruczó. Elenco: Zsófia Psotta, Sándor Zsótér, Lili Horváth, Szabolcs Thuróczy e Lili Monori. Duração: 119 minutos. Distribuição: Globoplay.

Last modified: 1 de outubro de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *