Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

INFIELMENTE TUA

Filme do dia, Slider

Howard Zieff tinha pouco mais de dez anos de carreira como diretor de longas, a maioria deles comédias. Após o sucesso de A Recruta Benjamin, de 1980, quatro anos depois Zieff nos traz a refilmagem de Odeio-te Meu Amor, escrito e dirigido em 1948 por Preston Sturges. A nova versão teve o roteiro adaptado por Valerie Curtin, Barry Levinson e Robert Klane e recebeu no Brasil uma tradução literal do título original, Infielmente Tua. A história gira em torno do compositor e maestro Claude Eastman (Dudley Moore), casado com a bela Daniela (Nastassja Kinski). Extremamente ciumento, Claude pede ao amigo Norman (Albert Brooks) que “cuide” de sua jovem esposa enquanto ele viaja a trabalho. Como era de se esperar, confusões acontecem e o marido, ao retornar, decide matar sua mulher e jogar a culpa em Max (Armand Assante), o suposto amante. Infielmente Tua é sustentado por uma premissa que oferece situações bem engraçadas. Mas isso, por si só, não seria suficiente caso o elenco não ajudasse. Felizmente, não é o que acontece aqui. Dudley Moore estava no melhor momento de sua carreira e o diretor soube tirar proveito disso. Além do mais, a responsabilidade era grande, afinal, o papel pertencia originalmente a Peter Sellers, que veio a falecer em julho de 1980. Com isso, a produção foi adiada por cerca de três anos.

INFIELMENTE TUA (Unfaithfully Yours – EUA 1984). Direção: Howard Zieff. Elenco: Dudley Moore, Nastassja Kinski, Armand Assante, Albert Brooks, Cassie Yates, Richard Libertini, Jan Tríska, Jane Hallaren e Richard B. Shull. Duração: 96 minutos. Distribuição: Fox.

Last modified: 27 de julho de 2020

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *