Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

HEBE: A ESTRELA DO BRASIL

Filme do dia, Slider

Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani é uma das pioneiras da televisão brasileira, onde estreou em 1950 e permaneceu até 2012. Mas, antes disso, ela já fazia sucesso como cantora de rádio. O filme Hebe: A Estrela do Brasil, escrito e produzido por Carolina Kotscho, com direção de Maurício Farias, não abarca a vida toda desta importante mulher. O roteiro faz um recorte de um período de aproximadamente um ano, entre 1985 e 1986. Época que culmina com a saída de Hebe da Rede Bandeirantes e sua entrada no SBT. Eram tempos de grandes mudanças no país, que acabara de sair de um regime militar e tinha agora um presidente civil. Apesar da volta da democracia, ainda existiam alguns focos de autoritarismo e censura. E o Programa da Hebe incomodava essas pessoas. Há também subtramas que tratam do ciúme doentio de Lélio (Marco Ricca), marido da apresentadora e a luta dela em defesa das minorias. Hebe: A Estrela do Brasil não é um filme perfeito. No entanto, cumpre seu objetivo maior que é o de lançar luz sobre a trajetória de uma mulher que ousou levantar bandeiras e comprar brigas, ao mesmo tempo em que assumia posturas e amizades controversas.

HEBE: A ESTRELA DO BRASIL (Brasil 2019). Direção: Maurício Farias. Elenco: Andréa Beltrão, Marco Ricca, Danton Mello, Caio Horowicz, Daniel Boaventura, Stella Miranda, Felipe Rocha, Otávio Augusto e Danilo Grangheia. Duração: 112 minutos. Distribuição: Warner.

Last modified: 30 de novembro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *