Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

PAPAI GANSO

Penúltimo filme estrelado por Cary Grant e um dos favoritos dele, Papai Ganso, dirigido por Ralph Nelson, em 1964, apresentou o ator bem diferente da persona cinematográfica que o público se acostumou a ver. No entanto, o próprio Grant disse que de todos os papéis que interpretou, este é a que mais se aproxima dele na vida real. O roteiro original de Peter Stone e Frank Tarloff, escrito a partir de uma história de S.H. Barnett, ganhou o Oscar da categoria e nos apresenta Walter Christopher Eckland (Grant). A ação se passa na ilha de Malatava, na costa australiana, durante a Segunda Guerra Mundial. Walter é um ex-professor que vive recluso no lugar. Até que Frank Houghton (Trevor Howard), um oficial da Marinha, tem a ideia de fazer de Walter um vigia para alertar pelo rádio caso perceba uma movimentação dos japoneses na região. Como pagamento, ele receberá um suprimento de uísque. E é justamente essa entrega que acaba por gerar algumas confusões bem engraçadas, que se complica com a chegada da professora francesa Catherine Freneau (Leslie Caron), acompanhada de suas alunas. Papai Ganso mistura ação com humor e pitadas de romance. Pode até parecer algo simples, no entanto, trata-se de uma combinação que exige um fino equilíbrio para que funcione corretamente. E isso acontece aqui.

PAPAI GANSO (Father Goose – EUA 1964). Direção: Ralph Nelson. Elenco: Cary Grant, Leslie Caron, Trevor Howard, Jack Good, Sharyl Locke, Pip Sparke, Verina Berrington e Stephanie Berrington. Duração: 118 minutos. Distribuição: Universal.

Last modified: 6 de julho de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *