Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

A ESTRANHA PASSAGEIRA

Filme do dia, Slider

Em quase 60 anos de carreira, a atriz americana Bette Davis colecionou ótimos papéis e prêmios. Só no Oscar recebeu 11 indicações e o ganhou duas vezes. A Estranha Passageira, filme dirigido em 1942 por Irving Rapper, é mais de um de seus grandes desempenhos, e, infelizmente, pouco lembrado. O roteiro de Casey Robinson se baseia no romance de Olive Higgins Prouty e nos conta a história de Charlotte Vale (Davis), uma mulher que vive sob o forte domínio de sua mãe (Gladys Cooper). Após um período de repouso em uma clínica, onde é tratada pelo Dr. Jaquith (Claude Rains), ela faz uma viagem de navio ao Rio de Janeiro (preste atenção no taxista “brasileiro”) e conhece Jerry Durrance (Paul Henreid), por quem se apaixona. Será que Charlotte conseguirá enfrentar sua castradora mãe? A Estranha Passageira é o quarto longa de Rapper, que começou carreira como assistente de direção no final dos anos 1920. Diretor de mão firme e que sabe trabalhar muito bem os elementos do melodrama, ele conta aqui com uma atriz completa e tira todo o proveito disso. O que faz toda a diferença. Este filme ainda deu ao compositor Max Steiner o segundo de três prêmios Oscar que ele ganhou pela trilha sonora.

A ESTRANHA PASSAGEIRA (Now, Voyager – EUA 1942). Direção: Irving Rapper. Elenco: Bette Davis, Paul Henreid, Claude Rains, Gladys Cooper, Bonita Granville, John Loder, Ilka Chase e Lee Patrick. Duração: 117 minutos. Distribuição: Warner.

Last modified: 16 de maio de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *