Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

VIDAS SEPARADAS

Filme do dia, Slider

Em 45 anos de carreira, o cineasta americano Dilbert Mann dirigiu bastante para a televisão e, nos intervalos, fazia também filmes para o cinema. Um deles, Marty, de 1955, lhe rendeu o Oscar de direção. Vidas Separadas, que ele realizou três anos depois, tem por base a peça de Terence Rattingan, autor do roteiro, junto com John Gay. A ação acontece na pequena Bournemoth, no interior da Inglaterra. Mais especificamente no hotel Beauregard. É lá que os hóspedes têm a rotina alterada após a chegada de Ann (Rita Hayworth). Cada um dos que moram ali esconde algum segredo e é justamente isso o que move a narrativa. Mann não esconde a origem teatral do filme e foge das armadilhas ao confiar no seu elenco. Inspiradíssimo, diga-se. Apesar de certas situações estarem um pouco datadas, Vidas Separadas mantém seu charme e força. Não esquecendo, como já mencionado, o desempenho dos atores e atrizes, com destaque para David Niven e Wendy Hiller, que ganharam o Oscar de atuação nas categorias de ator e atriz coadjuvantes.

VIDAS SEPARADAS (Separate Tables – EUA 1958). Direção: Delbert Mann. Elenco: Deborah Kerr, Rita Hayworth, Burt Lancaster, David Niven, Wendy Hiller, Gladys Cooper, Cathleen Nesbitt, Felix Aylmer e Rod Taylor. Duração: 100 minutos. Distribuição: Fox.

Last modified: 26 de fevereiro de 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *