Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

O PRIMEIRO HOMEM

Filme do dia, Slider

Existem filmes que não foram pensados como uma trilogia, mas, por uma série de razões, muitas delas ligadas ao tema da história, terminam formando o que costumo chamar de “trilogia improvável”. É o caso, por exemplo, de O Primeiro Homem, novo filme de Damien Chazelle, o premiado diretor de La La Land. Ele faz aqui um recorte da vida do astronauta Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na Lua. O roteiro de Josh Singer tem por base o livro de James R. Hansen e nos conduz, a partir de uma tragédia familiar, por um período de sete anos, de 1962 a 1969, até a famosa caminhada lunar. Chazelle trabalha outra vez com Ryan Gosling, o astro de seu filme anterior, que vive aqui o papel de Armstrong, um homem de extrema inteligência, olhar distante, tímido, de mente calculista e ações pragmáticas. Não consigo pensar em outro ator que não Gosling para interpretá-lo. E ele encontra em Claire Foy, que vive sua esposa Janet no filme, a parceira ideal para contrapor sua frieza. Foy, mais conhecida pelo papel da jovem rainha Elizabeth II na série The Crown, da Netflix, é pura emoção. O mais interessante em O Primeiro Homem é o foco dado pelo diretor ao fator humano. Ou melhor dizendo, ao drama pessoal de Armstrong. Apesar de ele viajar até a Lua, o que filme persegue e nos mostra é sua viagem interior. Há um clima claustrofóbico na narrativa, enfatizado pelos muitos planos fechados. O que importa aqui não é a viagem em si. Seria aceitável esperar um forte clima ufanista e aventuresco na conquista da Lua. Mas, não é o que acontece. A preocupação de Chazelle é bem outra. E ele usa todo o tempo que tem para mergulhar na mente de Armstrong. O Primeiro Homem é, na verdade, um fabuloso estudo de personagem. Em tempo: a trilogia improvável mencionada acima seria composta pelos filmes Os Eleitos, de Philip Kaufman (1983); este O Primeiro Homem; e Apollo 13, de Ron Howard (1995). Juntos eles cobrem um longo período do programa espacial americano, que vai de 1947 até 1972.

O PRIMEIRO HOMEM (First Man – EUA 2018). Direção: Damien Chazelle. Elenco: Ryan Gosling, Claire Foy, Jason Clarke, Kyle Chandler, Corey Stoll, Ciarán Hinds, Pablo Schreiber, Ethan Embry, Patrick Fugit e Lukas Haas. Duração: 141 minutos. Distribuição: Universal.

Last modified: 7 de fevereiro de 2019

Uma resposta para “O PRIMEIRO HOMEM”

  1. Achei o filme muito bom. Gosling está ótimo no papel. Mas o ritmo da obra é bem devagar, a ponto de me deixar entediado com uma história interessante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *