Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

TOPSY-TURVY

O cineasta britânico Mike Leigh é mais conhecido por seus dramas familiares e quando ele anunciou que faria um musical, a expectativa foi grande. Quando o filme foi lançado, as pessoas viram que Topsy-Turvy era mais que um musical. Era, sem dúvida alguma, um autêntico Mike Leigh, autor também do roteiro. A história gira em torno da dupla de compositores William Schwenck Gilbert (Jim Broadbent) e Arthur Sullivan (Allan Corduner). O primeiro escreve as letras e o segundo escreve as canções. A ação se passa na Londres de 1884 e os dois artistas, após repetidos sucessos, enfrentam no momento a baixa receptividade ao seu mais recente trabalho. Isso abala a criatividade de ambos, que entram em crise. Até que uma ideia proposta pela esposa de Gilbert muda tudo. Topsy-Turvy é um espetáculo grandioso e repleto de atores em cena. Isso costuma dificultar a condução da narrativa. Leigh até se perde um pouco, mas, ao mesmo tempo, ele faz uso das próprias dificuldades que seguramente enfrentou e utiliza isso a favor da história que está contando em um belo exercício de metalinguagem. No final, o filme vale por sua exuberante beleza, premiada com o Oscar nas categorias de maquiagem e figurino. Em tempo: a expressão que dá título ao filme significa “de cabeça para baixo”.

TOPSY-TURVY (Topsy-Turvy – Inglaterra 1999). Direção: Mike Leigh. Elenco: Jim Broadbent, Timothy Spall, Allan Corduner, Lesley Manville, Eleanor David, Katrin Cartlidge, Angela Curran e Dexter Fletcher. Duração: 154 minutos. Distribuição: Europa Filmes.

Last modified: 6 de novembro de 2018

Uma resposta para “TOPSY-TURVY”

  1. BravooOooooOOoooOOoOOOooOOooOooOoooOOoo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *