Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

TUNGSTÊNIO

Slider, Streaming

O quadrinista niteroiense Marcello Quintanilha comemora este ano três décadas de carreira e não poderia receber presente maior do que a perfeita adaptação para cinema de Tungstênio, uma de suas obras mais conhecidas, lançada em 2014 pela Editora Veneta. A versão cinematográfica leva a assinatura do diretor Heitor Dhalia e teve um primeiro tratamento de roteiro do próprio Quintanilha, depois finalizado por Marçal Aquino e Fernando Bonassi. A história se passa na Bahia, mais precisamente, em Salvador, e começa com dois pescadores fazendo uso de explosivos em uma das praias da cidade. Isso chama a atenção do sargento aposentado Ney (José Dumont), que ao lado de Caju (Wesley Guimarães), sai em busca de ajuda para impedir a continuidade desse crime ambiental. Caju então liga para o policial Richard (Fabrício Boliveira), que entra em ação. Nisso acompanhamos também a decisão de Keila (Samira Carvalho) em abandonar seu marido. No filme, assim como nos quadrinhos, a narrativa de Tungstênio é hipnótica. O texto de Quintanilha encontra em Dhalia o tradutor ideal. O mais curioso, pelo menos para mim, é que quando li a HQ tive a sensação de estar vendo um filme. E quando vi o filme me veio a sensação de reler a HQ. Pode até parecer maluco isso, mas, percebi uma mistura tão intensa, harmoniosa e orgânica entre as duas mídias que não consegui separar uma da outra. A HQ é um filme em quadrinhos e o filme é uma HQ com movimento. E olha que falar em movimento em relação aos trabalhos de Marcello Quintanilha é quase um pleonasmo. Seus trabalhos, todos eles, têm vida e transmitem ação e emoção. Assim como Heitor Dhalia conseguiu imprimir na versão cinematográfica. A narrativa fragmentada funciona muito bem nos dois formatos e revela uma concisão impressionante. As 192 páginas da HQ, que passam voando, se transformaram em exatos e precisos 79 minutos de puro encantamento na tela.

TUNGSTÊNIO (Brasil 2018). Direção: Heitor Dhalia. Elenco: José Dumont, Fabrício Boliveira, Samira Carvalho, Wesley Guimarães, Pedro Wagner, Sérgio Laurentino, Juarez Alves, Claudia di Moura, Bertho Filho e Milhem Cortaz. Duração: 79 minutos. Distribuição: Pagu Pictures/Now.

Last modified: 10 de setembro de 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *