Please select featured categories (for ticker) in theme admin panel. You can select as much categories as you want.

PLATOON

Filme do dia


O cineasta americano Oliver Stone já era um roteirista respeitado e havia dirigido apenas dois longas quando realizou Platoon. Inspirado em acontecimentos vividos por ele próprio quando, entre os anos de 1967 e 1968 lutou no Vietnã, o filme conta a história do jovem Chris Taylor (Charlie Sheen), alter-ego do diretor, que se alista voluntariamente para lutar na guerra. Stone é conhecido por seus temas polêmicos e não é diferente com este filme, que chamou a atenção dos americanos por abrir uma ferida que ainda não estava cicatrizada. Além do fogo cruzado do inimigo, Chris se vê no meio de uma disputa entre os sargentos Elias (Willem Dafoe) e Barnes (Tom Berenger). A guerra em Platoon não tem nada de nobre. Em muitos momentos é visível que os soldados não enfrentam apenas os vietcongues. Além do medo e do cansaço, eles também lutam contra seus demônios interiores e contra o ódio e o caos que se instala dentro do próprio pelotão. Com seqüências de um realismo por vezes sufocante, o filme nos incomoda, mas não conseguimos desviar nossa atenção da tela. Indicado a oito Oscar, terminou levando a metade deles: filme, direção, montagem e som. Platoon é a parte um da trilogia de Stone sobre o Vietnã. Ele dirigiu depois Entre o Céu e a Terra e Nascido em 04 de Julho. Uma curiosidade: o primeiro esboço do roteiro foi escrito por Oliver Stone em 1971, na época ele queria Jim Morrison, vocalista do The Doors, no papel de Chris. Diz a lenda que Morrison estava com uma cópia do roteiro quando foi encontrado morto em Paris naquele mesmo ano.

PLATOON (Platoon – EUA 1986). Direção: Oliver Stone. Elenco: Charlie Sheen, Willem Dafoe, Tom Berenger, Keith David, Forest Whitaker, Francesco Quinn, Kevin Dillon, John C. McGinley, Reggie Johnson, Mark Moses, Richard Edson, Corey Glover, Johnny Depp e Chris Pedersen. Duração: 120 minutos. Distribuição: Fox.

Last modified: 30 de abril de 2015

3 respostas para “PLATOON”

  1. bruno knott disse:

    Um dos meus filmes de guerra preferidos. Oliver Stone traz uma forte mensagem antibelicista aqui… e questiona a presença do exército dos EUA nessa guerra de maneira contundente.

  2. Daqueles filmes que o tempo permitiu que eu revesse longe dos preconceitos. Na época de seu lançamento eu não soube admirar a obra. Ou eu ainda não era público para isso.

  3. Anderson disse:

    Simplesmente: “Excelente”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *